Domingo, 18 de Novembro de 2018

Portal Amipão

Presidentes da Amipão cobram mais segurança

Presidentes da Amipão cobram mais segurança para o setor de panificação

Os presidentes da Amipão – Sindicato e Associação Mineira da Indústria de Panificação (Amipão), José Batista de Oliveira e Antônio de Pádua Moreira, reuniram-se nesta quarta-feira (11/07) com representantes da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) para cobrar mais segurança para o setor. O encontro ocorreu no 1° Regional da Polícia Militar, no centro da capital.

O presidente da Amip – Associação Mineira da Indústria da Panificação, Antônio de Pádua Moreira, falou dos problemas trazidos pelos roubos constantes. “O prejuízo é muito além do dinheiro, os funcionários muitas vezes não querem voltar ao trabalho e os clientes ficam receosos de voltar ao estabelecimento”, diz.

De acordo com o comandante do policiamento da capital, o Coronel Luiz Rogério de Andrade, a polícia militar desenvolveu estratégias que estão sendo executadas para diminuir os assaltos nas padarias. “Em setembro novas ações serão colocadas em prática como a patrulha do bairro, corredores da segurança e será criado um guia de segurança para diminuir ainda mais os furtos”, conta.

A Amipão se propôs a contribuir com a Polícia Militar alertando todos os seus associados sobre a importância de seguir as dicas de segurança. Para o presidente do SIP – Sindicato da Indústria da Panificação de Minas Gerais, José Batista, as ações da Polícia Militar são bem planejadas, mas para a sua eficácia é necessário uma atuação conjunta, o proprietário de padaria deve colaborar se prevenindo. “Com essa parceria, tenho certeza que vamos melhorar esse cenário preocupante da panificação”, finaliza.

Segundo dados divulgados pela polícia militar, só em 2012, 94 padarias foram assaltadas. E ainda de acordo com a pesquisa, a faixa horária de maior ocorrência é entre 18h e 23h. Nos últimos meses houve uma queda de 8% nos assaltos nos estabelecimentos do setor.